2019 © Nutriessencial. Orgulhosamente desenvolvido por @saturdaysites

  • Nutriessencial

ESTEATOSE HEPÁTICA NÃO ALCOÓLICA

Nosso fígado é responsável por mais de 500 funções vitais no nosso organismo, especialmente da metabolização e eliminação de toxinas. . No entanto, é cada vez mais comum casos de esteatose hepática não alcoólica - popularmente conhecida como “gordura no fígado”. E o pior é que muita gente já começa a desenvolver esse quadro sem ao menos saber.


Quando não tratada, a esteatose hepática pode gerar inflamação, aumento dos níveis de colesterol como LDL, triglicerídeos, problemas cardiovasculares e até cirrose.


Ao contrário do que muitos pensam, o consumo de gordura na dieta não é o principal causador da doença. Hoje sabemos que sedentarismo aliado ao consumo excessivo de carboidratos - especialmente os refinados e de baixo valor nutritivo como pães, bolos, biscoito, bebidas açucaradas, por exemplo, são as grandes causas do aparecimento da doença.


A boa notícia é que mudanças no estilo de vida e alimentação são extremamente eficientes para reverter esteatose hepática.


Seguem as dicas:


Não basear a alimentação em carboidratos, especialmente os refinados;

Evitar o consumo exagerado de frutose como frutas doces e sucos de fruta;

Evitar o consumo de alimentos industrializados (sempre!);

Consumir gorduras de boa qualidade como abacate, nozes, azeite de oliva, peixes óleo de coco;

Adicionar vegetais que dão suporte à saúde hepática como brócolis, couve-flor, couve, repolho, agrião, rúcula e alho. Utilize-os na forma de saladas, refogados, assados, em smoothies e sopas. Quanto mais variedade, melhor!


Praticar pelo menos 30 minutos de exercícios físicos 5x por semana;

Diminuir de 3% a 10% do peso corporal;

Evitar o consumo de bebidas alcoólicas;

1 view